TORÇÃO HEPATOGÁSTRICA NO PÓS-OPERATÓRIO DE HERNIORRAFIA DIAFRAGMÁTICA
PDF

Palavras-chave

sistema respiratório; cão; cirurgia.

Resumo

A ruptura diafragmática é uma patologia causada principalmente por traumas, mas existe a forma congênita, em que o animal já nasce com essa alteração. O sinal clínico mais observado nos animais é a dispneia, mas sinais de outros sistemas podem ser identificados. O diagnóstico é baseado em radiografias torácicas, onde não se visualiza o diafragma e se visualiza órgãos da cavidade abdominal na cavidade torácica. O tratamento de eleição é o cirúrgico, que consiste na rafia diafragmática. O prognóstico do animal após o procedimento cirúrgico é de bom a reservado em casos de ruptura diafragmática crônica. O objetivo do trabalho é relatar uma complicação no pós operatório de ruptura diafragmática crônica, onde o animal apresentou vômitos intermitentes associado a torção hepatogástrica. Contribuindo assim para a literatura visto que essa alteração não foi encontrada em outros animais.

PDF